top of page

Coca Cola + Cacau = Sucesso

Desde o início do século passado, os varejistas já estavam preocupados em diferenciar seus produtos alimentícios. E desse problema, nem a Coca Cola escapou. Apesar de ser a rainha dos refrigerantes da modernidade, ela também passou pelos seus perrengues (gente como a gente né?) e contou com a sua embalagem para conseguir se firmar e se consolidar no mercado.


Por volta do ano de 1916, os engarrafadoras e donos do segredo da produção da coca-cola (que é literalmente guardada a sete chaves até hoje) começaram a se preocupar porque a Coca Cola estava sendo confundida com outras marcas que se apresentavam no mercado. Nessa época, as garrafas eram escuras e tinham linhas retas que pareciam frascos de remédios (ela não negava a sua origem já que foi criada em 1886 pelo farmacêutico John S. Pemberton e comecou a ser vendida em farmácias, mas isso é assunto para outro post).


Assim, já naquela época buscaram fabricantes de garrafas para pensar uma embalagem única e que pudesse ser reconhecida por qualquer pessoa! O dono da The Root Glass Company, de Terre Haute, Indiana, concebeu a forma de contorno famoso, que ganhou a aprovação em 1915 e foi introduzido em 1916.

O projeto, Contour Bottle foi inspirado nas curvas e sulcos de um fruto de cacau e pode ser reconhecida pelo tato, no escuro!





A garrafa de Coca-Cola Contour foi o primeiro produto comercial a aparecer na capa da revista TIME, elevando a Coca-Como como uma marca verdadeiramente internacional.

Essa maravilha da diferenciação da Coca recebeu o seu registro de Marcas e Patentes nos estados unidos só em 1960 e, em 1970, recebeu a patente pelo seu desing mesmo sem a marca escrita



Gostou do conteúdo deste POST? Compartilhe!

Siga @porteiradomarketing e fique por dentro de mais assuntos do Agronegócio


Comments


bottom of page